Go Girl Go!

Em Qualquer Lugar

Dizemos frequentemente que a vida é uma viagem, um caminho individual que não implica necessariamente mudanças de lugar. São os acontecimentos e o fluir do tempo que mudam uma pessoa. /Existe uma imobilidade que aprisiona e faz com que os pés se afundem na terra. Existe uma imobilidade que transporta e faz voar. /O teatro me permite não pertencer a nenhum lugar, não estar ancorado a uma só perspectiva e permanecer em transição.

Por Eugenio Barba/A Canoa de Papel/cap.1.

Em São Paulo no Teatro Augusta: Covil da Beleza. /sexta 21h30, sábado 21h e domingo 19h. foto de Bruna Castanheira com Patrícia Barros, Caroline Bittencourt e Carolina Fauquemont.

Em São Paulo no Teatro Augusta: Covil da Beleza. /sexta 21h30, sábado 21h e domingo 19h. foto de Bruna Castanheira com Patrícia Barros, Caroline Bittencourt e Carolina Fauquemont.

Depois do Teatro

Eu sempre saio eufórica de uma apresentação. Não importa se estou cansada, se estou com gripe ou se de manhã acordei sem vontade de falar nem de comer nem de ver ninguém. Depois do espetáculo é como se a energia inteira do mundo tivesse voltado, então vou a um restaurante perto do teatro e peço uma taça de vinho.

Márcia, do livro de Michel Laub: O Gato Diz Adeus./p.70.

Foto João Caldas. Covil da Beleza em temporada no Teatro Augusta. na foto Patrícia Barros com Carolina Fauquemont e João Gabriel Vasconcellos. www.covildabeleza.com 

Foto João Caldas. Covil da Beleza em temporada no Teatro Augusta. na foto Patrícia Barros com Carolina Fauquemont e João Gabriel Vasconcellos. www.covildabeleza.com 


Preciso remover as ervas daninhas do seu jardim. Há muitas, mas as rosas são inigualáveis.

Depois do Ensaio/Ingmar Bergman/1984.

Preciso remover as ervas daninhas do seu jardim. Há muitas, mas as rosas são inigualáveis.

Depois do Ensaio/Ingmar Bergman/1984.

Depois do Ensaio

É disso que eu mais gosto. Cadeira. Mesa. Tela. Palco. Iluminação. Atores com roupas do dia-a-dia. Movimentos. Vozes. Rostos. Silêncio. Magia. Tudo é representado. Nada é.

Henrik Vogler/Erland Josephson. Efter Repetitionen/filme de Ingmar Bergman.

“All those moments will be lost in time like tears in rain.”

—frase do replicante Roy Batty no filme Blade Runner/1982.

luz dos 34 na minha sacada. Foto de Renato Parada. Jardins/São Paulo.

luz dos 34 na minha sacada. Foto de Renato Parada. Jardins/São Paulo.

“Uma atriz tem de preservar alguma coisa para si mesma. Ou sua vida vira apenas uma diagramacao numa revista.”

—Grace Kelly.

Anjos e Musas

Musa, fale-me sobre o contador de histórias. Nos confins do mundo, para a criança e o ancião. Revele todos através dele. Com o tempo, meus ouvintes tornaram-se meus leitores. Não se sentam mais em círculos, mas sozinhos. E um desconhece o outro. Sou um velho de voz fraca, mas o conto continua brotando do meu interior. A boca, ligeiramente aberta, repete-o com força e clareza. Liturgia que não exige iniciação, para que se entenda o sentido das palavras e frases. Musa, Musa, fale-me do cantor imortal que, abandonado pelos fãs mortais, perdeu a voz. Como ele passou de anjo da narração a poeta ignorado e zombado no limiar das terras de ninguém.

texto narrado no filme de Wim Wenders. Asas do Desejo/Der Himmel Über Berlim/1987.

Search
Navigate
Archive

Text, photographs, quotes, links, conversations, audio and visual material preserved for future reference.

Likes

A handpicked medley of inspirations, musings, obsessions and things of general interest.