Go Girl Go!

Hoje no Mandíbula em São Paulo, a atriz Carolina Fauquemont, diva-cerimônia dos Trovadores do Miocárdio, irá sussurrar palavras vindas de regiões inexploradas, provocando erupções coletivas e desejos vermelho-escarlate. Jean-Paul Beu Mondo e Bárbara Eugênia modularão seu sistema nervoso com opium glam, gospel, disco dadaísta e outras baladas que abalam. 

Hoje no Mandíbula em São Paulo, a atriz Carolina Fauquemont, diva-cerimônia dos Trovadores do Miocárdio, irá sussurrar palavras vindas de regiões inexploradas, provocando erupções coletivas e desejos vermelho-escarlate. Jean-Paul Beu Mondo e Bárbara Eugênia modularão seu sistema nervoso com opium glam, gospel, disco dadaísta e outras baladas que abalam. 

última semana de Marlon Brando, Whiskey, Zumbis e Outros Apocalipses no Guairinha. na foto Andrew Knoll (Boris) e Carolina Fauquemont (Elsa) por Marco Novack.

última semana de Marlon Brando, Whiskey, Zumbis e Outros Apocalipses no Guairinha. na foto Andrew Knoll (Boris) e Carolina Fauquemont (Elsa) por Marco Novack.

Real Art

Real science studies and makes accessible that knowledge which people at that period of history think important, and real art transfers this truth from the domain of knowledge to the domain of feelings.

Por Leon Tolstoi/A Calendar of Wisdom.

“Comovo-me em excesso, por natureza e por oficio. Acho medonho alguem viver sem paixoes.”

—Graciliano Ramos.

estreia de Marlon Brando no Guairinha em Curitiba.

estreia de Marlon Brando no Guairinha em Curitiba.

o dia da atriz e da fotografia deu em filme mudo. no fim do mês volto a apresentar a peça Marlon Brando com a Vigor Mortis no Guairinha/Curitiba.

“Os meus pensamentos sugam o sangue das imagens.”

—Heiner Müller. Die Hamletmaschine.

“Sou uma bola de substancia irritavel. Nao tenho pele (a nao ser para as caricias).”

—Roland Barthes cita Freud. do livro Fragmentos De Um Discurso Amoroso.

Um filme projetado atraves de um vitral

Ou: — Case comigo — ela diz para ele, no meio de uma ponte. Um barco de fundo de vidro passa por baixo, com turistas que tiram fotos dos peixes. Dentro de poucas horas, o lago receberá os reflexos de estrelas mortas há milhares de anos. Ou estão na cama, grudados nos lençóis, salgados e respirando pela boca. Falam ao mesmo tempo. Ou nenhum dos dois falou nada. Nunca tiveram a ideia de se casar, muito menos concordaram a respeito. (…) Ela ri e diz: — Vamos falar de outra coisa. Ele puxa a cadeira para perto da cama e falam de outras coisas, de tudo que não seja a dor dela, o que é nada, porque se a dor não fosse tudo não seria dor, seria desconforto. As coisas de que falam são apenas filtros diferentes para sua dor, como projetar um filme através de um aquário ou de um vitral.

Por Jonathan Safran Foer. trechos do conto Quarto Após Quarto/trad. José Rubens Siqueira.

Search
Navigate
Archive

Text, photographs, quotes, links, conversations, audio and visual material preserved for future reference.

Likes

A handpicked medley of inspirations, musings, obsessions and things of general interest.